Sobre o costume, as tradições inventadas e a escolarização das mulheres no Brasil - Sorbonne Université Access content directly
Journal Articles Revista Educação em Questão Year : 2022

Sobre o costume, as tradições inventadas e a escolarização das mulheres no Brasil

Abstract

Este trabalho tem por objetivo discutir os fundamentos e a forma como foi institucionalizado, na escola brasileira, o costume da divisão dos gêneros baseada no sexo biológico e na divisão de papeis. Metodologicamente baseado na pesquisa bibliográfica e documental, evidencia-se distintos registros a partir de leis e decretos esparsos nos últimos 200 anos que explicam as tradições inventadas dentro da escola que impõem à mulher elementos de pertença a um gênero. Teoricamente parte-se do binômio costume-tradição de Hobsbawm (2018) para desvendar as temporalidades dessa tradição. Em termos conclusivos, aponta-se os elementos que se constituíram forças preponderantes para as tradições inventadas pela e dentro da escola e que desembocaram numa educação em que as mulheres devem ser moldadas e preparadas sob a égide da superioridade masculina.

Dates and versions

hal-03966648 , version 1 (31-01-2023)

Identifiers

Cite

Raylane Andreza Dias Navarro Barreto, Alberto Inácio Da Silva. Sobre o costume, as tradições inventadas e a escolarização das mulheres no Brasil. Revista Educação em Questão, 2022, 60 (65), ⟨10.21680/1981-1802.2022v60n65ID30305⟩. ⟨hal-03966648⟩
12 View
0 Download

Altmetric

Share

Gmail Mastodon Facebook X LinkedIn More